Lolo Arziki é uma jovem cineasta africana, nascida em Cabo Verde e formada em Portugal. Desenvolve o seu trabalho tratando temas como a sexualidade, a negritude, a inclusão social e a experimentação estética.

Com a Qi News, falou francamente em como é ser uma artista negra, lésbica e activista em Portugal; nos seus projectos futuros, e no curto – e surpreendentemente rico – percurso até ao presente.

Um trabalho de António Castelo.