fbpx

O rapto parental não existe em Portugal enquanto crime, existe apenas o de subtracção de menor. Este preciosismo jurídico impede que sejam activados meios que fariam toda a diferença na localização de uma criança que é retirada a um dos pais pelo outro.

E em casos transfronteiriços os casos complicam-se.

Reportagem de António Castelo e Maria Bicker.