fbpx

Sobre Nós

PROJECTO EDITORIAL

A Qi News é uma revista digital multimédia focada na injustiça social e nos seus sistemas de perpetuação – conscientes ou inconscientes; premeditados ou involuntários; institucionais ou informais; conspícuos ou invisíveis.

Trabalhamos para a geração interligada. Questionamos o estado actual das coisas, e estamos descomprometidos.

A Qi News materializa-se em formato on-line e aposta na qualidade de produção dos conteúdos multimédia para alargar e vincular a captação de audiências, rejeitando absolutamente o sensacionalismo e a persecução cega e precipitada da “actualidade”, apostando sempre na dedicação ponderada e descomprometida a cada peça produzida e divulgada.

Acreditamos que as notícias ainda detêm o poder de inspirar a participação que é necessária para uma sociedade mais justa e mais humanamente produtiva.

EQUIPA

Andreia Friaças | historias@qinews.pt

Andreia Friaças, 23 anos, sou jornalista freelancer e faço trabalhos para o Publico, RTP2 e para a Qi. Trabalhei anteriormente na redacção do Sapo24, onde escrevi a reportagem “As mulheres ciganas existem. E resistem.” vencedora de uma menção honrosa da associação Corações com Coroa e distinguida no Festival Política, em 2018. Estou a cursar o mestrado de Comunicação Social no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas e participei no curso Media e Género da Universidade Lusófona. Fui co-autora do projecto “Traduz-te em Força” destinado a mulheres imigrantes e apresentado na Sede das Nações Unidas e no Museu de Televisão e Rádio em Nova Iorque. Na Qi foco-me em peças relacionadas com questões de género e de direitos humanos e civis.

António Castelo | antonio.castelo@qinews.pt

António Castelo, 33 anos, sou Director e Editor da Qi, e gosto sobretudo de fazer reportagem na área da grande Lisboa, ou de estar a entrevistar pessoas que sabem do que estão a falar. Sou formado em Biologia Evolutiva (Licenciatura) e Psicologia Evolutiva e Comportamento Humano (Mestrado), e interesso-me pelo comportamento dos indivíduos e das sociedades humanas nas suas várias formas e formalidades. Durante seis anos co-produzi, co-autorei, filmei e escrevi várias dezenas de documentários sobre a conservação da natureza e da vida selvagem em Portugal e noutros países do mundo, vários deles transmitidos em estações televisivas nacionais e estrangeiras, até me dedicar exclusivamente a assuntos sociais e de direitos humanos. Na Qi encarrego-me da gestão editorial, da produção multimedia e da coordenação da equipa.

Camila Reis | historias@qinews.pt

Representando a área cultural da QiNews, propomos uma série de conversas com artistas e outros profissionais de áreas culturais que, não pertencendo necessariamente ao circuito massificado, dão cartas decisivas nas suas redes de acção. Estaremos particularmente atentos aos trabalhos artísticos que se articulam com comunidades não maioritárias. A voz do bastidor, mais ou menos escondido, revela-se como estrutura trazida agora à boca de cena.

Luís Vaz Fernandes | historias@qinews.pt

O gosto chegou cedo. Dei os primeiros passos a imitar as vozes dos pivôs de televisão e cresci no forno de jornalismo da Escola Superior de Comunicação ao fazer parte de núcleos como a ESCS FM e o E2, da RTP2. Hoje estou no Observador e na Qi News e tenho certezas que podem soar a clichês: quero fazer do mundo um lugar melhor. Na Qi foco-me sobretudo em peças relacionadas com comunidades imigrantes, em especial a comunidade cabo-verdiana, e em insegurança e injustiça económica e social.

Maíra Streit | historias@qinews.pt

Maíra Streit é jornalista há dez anos. Brasileira, foi editora da revista Fórum, produtora do canal televisivo SBT, chefe da Assessoria de Comunicação da Secretaria da Criança do Distrito Federal e repórter freelancer no jornal Correio Braziliense, no site Agência Pública e na revista Caros Amigos. Foi reconhecida por uma dezena de premiações na área. Entre elas, o Prémio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo, o Prémio Direitos Humanos de Jornalismo, o Prémio Gandhi de Comunicação e o Prémio ABRAF de Jornalismo. Foi finalista do Prêmio Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos e do Prêmio Nacional Abdias Nascimento de Igualdade Racial. Em 2015, recebeu o título de “Jornalista Amiga da Criança”, pela cobertura de temas voltados a infância e adolescência.

ESTATUTO EDITORIAL

A Qi News é uma plataforma de produção e divulgação de conteúdos que está focada numa geração interligada que busca activamente conteúdos fiáveis, pertinentes e de qualidade nas redes sociais e plataformas digitais.

A Qi News rejeita o sensacionalismo e a precipitação na cobertura jornalística, privilegiando a reflexão e análise em todos os conteúdos produzidos e/ou divulgados.

A Qi News valoriza a qualidade de produção nos seus conteúdos multimédia, apostando na criação de peças de alta qualidade estética e informativa para a captação e vinculação de audiências.

A Qi News rejeita a persecução de lucro na actividade jornalística – o capital é gerido de forma a ser reinvestido no projecto jornalístico, e todos os funcionários e colaboradores da plataforma terão o seu tempo remunerado de igual forma, independentemente do seu posto ou posição.

A Qi News é e permanecerá descomprometida – não tem qualquer afiliação partidária nem vínculos financeiros com nenhum grupo económico ou empresarial.

A Qi News luta pela transparência dos processos políticos, pelo abatimento das desigualdades sociais, pelo fim da injustiça social e pela construção de uma sociedade mais justa, esclarecida, informada e humanamente produtiva.

A Qi News incorpora na redacção dos seus conteúdos uma diversidade de pessoas e profissionais de várias áreas, preferindo sempre a frescura de ideias e a multidisciplinaridade; a seriedade e o rigor; a qualidade técnica e a abrangência; e a interculturalidade e multietnicidade.

A Qi News reconhece que há sectores da sociedade que são crónica e institucionalmente marginalizados, e privilegia e cobertura noticiosa e de reportagem dessas mesmas populações na produção das suas peças.

A Qi News respeita o direito à privacidade de todos os cidadãos, tem aí o seu único limite na persecução da verdade nas histórias a que dá cobertura.

A Qi News garante que a escolha e o tratamento dos conteúdos que produz e/ou divulga depende exclusivamente da pertinência atribuída pela sua equipa editorial e jornalistas.

A Qi News trabalha permanente e deliberadamente com o compromisso de assegurar o respeito pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores, de acordo com o nº1 do art.º 17.º da Lei de imprensa (Lei n.º2/99 de 13 de janeiro).

FICHA TÉCNICA

Título da publicação

Qi News

Número do título na ERC

127301

Número de registo de pessoa colectiva

515117978

Periodicidade

Bissemanal

Proprietário

António Castelo

Contactos da redacção

Avenida Almirante Reis, 59, 5º Fte 1150-011 Lisboa

info@qinews.pt

QI NEWS

Director

António Castelo

Editor

António Castelo

Sede do Editor

Avenida Almirante Reis, 59, 5º Fte 1150-011 Lisboa

Redacção

Andreia Friaças (CP 7520 A), António Castelo (20190104-01B), Luís Vaz Fernandes (CP 7551 A), Maíra Streit